Ayrton Senna Forever

Pedro C Sirotsky
1 min readMar 21, 2021

Sabe quando estamos dirigindo na estrada e começa chover torrencialmente, ou quando acordamos no domingo e ligamos a TV para ver o que está passando, por incrível que pareça eu lembro do Senna. Quando falo por incrível que pareça, é justamente pelo fato, que quando ele corria, eu já tinha os meus 6 anos, mas se quer assisti uma corrida dele, nem ao vivo, na pista, e, nem na TV. Eu criei uma idolatria pelo Senna, talvez até um pouco exagerada e também sem limites (assim como ele era) quando comecei a assistir documentários, vídeos no youtube, entender mais a fundo toda a dinâmica do modelo mental dele, de como ele entendia a vida, como ele lidava com a competição, ele virou uma referência única, não só de piloto, esportista dedicado, mas de ser humano mesmo, me ensinou muito sobre trabalho duro. Sim, ele era um cara angustiado, ele nunca estava satisfeito (me identifico com isso também) mas nesse quesito, é importante ficar atento, talvez este seja o maior risco de uma idolatria, ficarmos totalmente cego e não olhar para as fragilidades (admito também que não sei se isso era uma fragilidade). Cheguei a comprar mais de 10 revistas com matérias dele antigas no Mercado Livre. Hoje ele estaria completando 61 anos, hoje é domingo, hoje tem corrida no céu e, faça chuva ou faça sol, tenho certeza que ele vai chegar em 1o.

--

--